Pular para o conteúdo principal

Destaques

Broa Caxambu (bolacha de fubá)

Acredito que você ja comprou nas padarias aquelas bolachas de fubá muito gostosas para o café da manhã ou da tarde, esta é a receita delas.

Experimente, é muito fácil de fazer.

Ingredientes:

500 gramas farinha de trigo 500 gramas fubá 500 gramas açúcar refinado 1 colher (sopa) rasa de fermento em pó 1 colher (chá) sementes de erva-doce 5 colheres (sopa) manteiga sem sal (100g)3 ovos 1 ovo para pincelar 125 gramas de margarina  
Preparo:

Peneire as farinhas.
Coloque as farinhas em uma bacia, acrescente o açúcar, o fermento e a erva doce, misture bem.
Adicione a manteiga e vá misturando com as pontas dos dedos até incorporar bem.
Em seguida adicione os ovos e misture até obter uma massa homogênea bem firme como mostra a foto (se necessário acrescente um pouquinho de água para chegar no ponto)
Unte a as assadeiras.
Modele as broas em forma de bolas, achate levemente deixando com um formato de um disco, e vá arrumando uma a uma nas assadeiras.
Misture uma gema com uma colher de café forte e …

Gente Grossa





Ser o que se chama "gente fina", ou seja, gente educada e que respeita outra, está se tornando um privilégio. Isso porque as ruas estão transbordando de gente grossa.
O mundo atual está transbordando de gente e nele infelizmente se destacam pessoas mau educadas.
Pessoas que acham que são as estrelas do mundo, pessoas egocêntricas que acham que o mundo gira em torno delas.
Ser educado passou a ser sinônimo de idiotice.
Pior é que elas estão por toda parte.
Estas pessoas cruzam nosso caminho em todos os lugares que passamos.
Elas estão ai por todos os caminhos, na rua, no supermercado, na fila do banco, no telefone e especialmente no trânsito.
Vi um post outro dia dizendo que "Antigamente" era apenas a hora do "rush" mas agora é "rush" a toda hora, e que enquanto a gente "fina" enlata-se na fila, a grossa ultrapassa com ares de cometa, dirigindo luxuosos ou simplórios carros, para furar lá na frente, ignorando àqueles que esperam sua vez para entrar nos viadutos ou outros caminhos.
Estas pessoas se acham mais espertas, pensam que são mais inteligentes, especiais.
Mas são na verdade apenas pessoas grossas que quer ter direitos na base do menor esforço e rouba o espaço de outros, para se sentir esperta.
Elas se acham, pensam que podem fazer o que querem e que nós temos de engolir.
É duro ter de conviver com estas pessoas egoístas  egocêntricas  e ainda ser tachado de idiota porque por não querer aderir a método e delas engolimos a sua grosseria.

Mas um dia destes eu vi um outro post que eu achei muito bom.
Como Conviver Com Pessoas Grosseiras
Para aqueles que encontram pessoas irritantes pelo meio do caminho, ou com pessoas que se acham superiores aos outros, aprenda: destrua um ignorante sendo original, como ele foi.
Por exemplo: Uma funcionária da GOL, no aeroporto de Congonhas, São Paulo, deveria ganhar um prêmio por ter sido esperta, divertida e ter atingido seu objetivo, quando teve de lidar com um passageiro que, provavelmente, merecia voar junto com a bagagem, (uma mala)...

Um vôo lotado da GOL foi cancelado.

Uma única funcionária atendia e tentava resolver o problema de uma longa fila de passageiros.


De repente, um passageiro irritado cortou toda a fila até o balcão, atirou o bilhete e disse:

- Srta. eu tenho que estar neste vôo, e tem que ser na primeira classe!
A funcionária respondeu:

- O senhor me desculpe, terei todo o prazer em ajudar, mas tenho que atender estas pessoas primeiro, já que elas também estão aguardando pacientemente na fila.
Quando chegar a sua vez, farei tudo para poder satisfazê-lo.

O passageiro ficou irredutível e disse, bastante alto para que todos na fila ouvissem:

- Você faz alguma ideia de quem eu sou ???

Sem hesitar, a funcionária sorriu, pediu um instante e pegou no microfone anunciando:

- Posso ter um minuto da atenção dos senhores, por favor??? (a voz ecoou por todo o terminal). E continuou:
Nós temos aqui no balcão um passageiro que não sabe quem é e deve estar perdido.
Se alguém é responsável pelo mesmo, ou é parente, ou então se puder ajudá-lo a descobrir a sua identidade, por favor compareça aqui no balcão da GOL.
Obrigada.

Com as pessoas atrás dele gargalhando histericamente, o homem olhou furiosamente para a funcionária, rangeu os dentes e disse, gritando:

- Eu vou te foder!

Sem recuar. Ela sorriu e disse:

- Desculpe, meu senhor, mas mesmo para isso, o senhor vai ter que esperar na fila...

Paulo Oliveira.
Deixe seu comentário.

Postagens mais visitadas