Pular para o conteúdo principal

Destaques

Broa Caxambu (bolacha de fubá)

Acredito que você ja comprou nas padarias aquelas bolachas de fubá muito gostosas para o café da manhã ou da tarde, esta é a receita delas.

Experimente, é muito fácil de fazer.

Ingredientes:

500 gramas farinha de trigo 500 gramas fubá 500 gramas açúcar refinado 1 colher (sopa) rasa de fermento em pó 1 colher (chá) sementes de erva-doce 5 colheres (sopa) manteiga sem sal (100g)3 ovos 1 ovo para pincelar 125 gramas de margarina  
Preparo:

Peneire as farinhas.
Coloque as farinhas em uma bacia, acrescente o açúcar, o fermento e a erva doce, misture bem.
Adicione a manteiga e vá misturando com as pontas dos dedos até incorporar bem.
Em seguida adicione os ovos e misture até obter uma massa homogênea bem firme como mostra a foto (se necessário acrescente um pouquinho de água para chegar no ponto)
Unte a as assadeiras.
Modele as broas em forma de bolas, achate levemente deixando com um formato de um disco, e vá arrumando uma a uma nas assadeiras.
Misture uma gema com uma colher de café forte e …

Curiosidades sobre a Pizza


Gosta de pizza?
Sabia que:

A pizza era um alimento de pessoas humildes do sul da Itália, no início do primeiro milênio.
O termo "picea" surgiu na cidade de Nápoles, considerada o berço da pizza.
"Picea", indicava um disco de massa assada com ingredientes por cima. Ela era servida com ingredientes baratos e era vendida por ambulantes.
A receita objetivava "matar a fome" principalmente da parte mais pobre da população.
Normalmente a massa de pão recebia como sua cobertura toucinho, peixes fritos e queijo.
A fama da receita correu o mundo e fez surgir a primeira pizzaria que se tem notícia, a Port'Alba, ponto de encontro de artistas famosos da época, tais como Alexandre Dumas, que inclusive citou variações de pizzas em suas obras.

CONTA-SE que o Rei Ferdinando I (1751–1825), disfarçado de plebeu, visitou um bairro pobre de Nápoles às escondidas.
Por que tanto segredo?
Segundo uma versão dessa história, ele não via a hora de saborear uma comida que a rainha havia proibido na corte — PIZZA.
Se Ferdinando estivesse vivo hoje, não teria nenhuma dificuldade de matar sua vontade de pizza.
Atualmente, existem cerca de 30 mil pizzarias na Itália, que produzem por ano o equivalente a 45 pizzas por pessoa!
E pensar que esta delicia surgiu desta forma humilde.
Origem humilde
Por fim, o Rei Ferdinando I não escondeu mais da corte sua paixão por pizza.
Não demorou muito e essa iguaria das ruas conquistou a elite rica, e a nobreza passou a lotar as pizzarias.
Em 1832, o Rei Ferdinando II, neto de Ferdinando I, chegou a ponto de construir um forno a lenha nos jardins do Palácio Capodimonte, alegrando assim seus convidados aristocratas.
Mas será que devemos consumir pizzas? É nutritiva?
Hoje, a pizza é um dos pratos favoritos dos jovens, e dos adultos também.
Mas é preciso ter cuidado.
Para ser considerada nutritiva, uma pizza deve ser feita com ingredientes saudáveis, que contenham uma quantidade balanceada de carboidratos, proteínas, gorduras e que sejam ricos em vitaminas, minerais e aminoácidos.
O azeite de oliva é um outro ingrediente saudável. Ele favorece a formação do HDL, descrito como “o bom colesterol, que ajuda a desobstruir as artérias”.
Além disso, deve ser bem assada, porque quando bem assada, a pizza dificilmente causa problemas digestivos.
Isso se dá porque os processos de sova e fermentação fazem com que os carboidratos da farinha absorvam bem a água adicionada a ela.
Outra vantagem é a presença de carboidratos complexos, que favorecem a sensação de saciedade, geralmente fazendo com que o mais apaixonado comedor de pizza não passe do limite.
Então da próxima vez que você estiver saboreando uma pizza, lembre-se de que ela teve uma origem humilde e agradeça ao Rei Ferdinando I por não ter escondido essa paixão.

Algumas curiosidades sobre a pizza.
. A pizza fica melhor quando assada no forno a lenha. A fumaça dá a ela um aroma sutil, e a fina camada de cinzas no chão do forno proporciona um sabor delicioso.
▪ A maior pizza redonda do mundo foi feita em 1990. Tinha um diâmetro de mais de 37 metros e pesava mais de 12 toneladas!
▪ O antigo costume de jogar a massa para o alto e girá-la não é apenas para dar um show. A força centrífuga criada nivela a massa, formando um disco com a borda levemente mais grossa — um começo perfeito para uma boa pizza!

.A Pizza Napolitana está, desde Dezembro de 2009, protegida pela Comissão Européia, junto com mais 44 produtos que têm o selo de “Especialidade Tradicional Garantida” ‘’(Specialità Tradizionale Garantita – STG)’’
Segundo a associação, a Verace Pizza Napolitana deve ser confeccionada com farinha, fermento natural ou levedura de cerveja, água e sal. A pizza deve ser ainda trabalhada somente com as mãos ou por alguns misturadores devidamente aprovados por um comitê da organização. Depois de descansar, a massa deve ser esticada com as mãos, sem o uso de rolo ou equipamento mecânico. Na hora de assar, a pizza deve ser colocada em forno a lenha (somente), a 485°C, sendo que sobre a superfície do forno não deve ser colocado nenhum outro utensílio.
A variedade de coberturas é reconhecida pela organização, porém devem ter a sua aprovação, estando em conformidade com as tradições napolitanas e não contrastando com nenhuma regra gastronômica. Algumas coberturas são tidas como tradicionais, sendo elas (respeitando seus nomes italianos):
. Marinara (Napolitana): tomate, azeite de oliva, orégano e alho.
. Margherita: tomate, azeite de oliva, mozzarella e manjericão.
. Ripieno (Calzone), uma pizza recheada: ricota, mozzarella especial, azeite de oliva e salame.
. Formaggio e Pomodoro: tomate, azeite de oliva e queijo parmesão ralado.
. Quando degustada, a pizza deve apresentar-se macia, bem assada, suave, elástica, fácil de ser dobrada pela metade. As bordas elevadas devem ser douradas". O gosto da massa deve ser de pão bem fermentado, misturado ao sabor ácido do tomate, aroma de alho, orégano, manjericão.
. A pizza deve ser obrigatoriamente redonda, não podendo o seu diâmetro ser maior do que trinta e cinco centímetros. Outra medida, a espessura no centro do disco, não deve ser maior do que cinco milímetros, e a borda não pode ser maior do que dois centímetros[7]

. Dizem que a pizza margherita foi criada no ano de 1889 pelo pizzaiolo Rafaelle Esposito, para homenagear a rainha Margherita di Savoia durante sua visita à cidade de Nápoles.
Os ingredientes usados foram escolhidos de forma que as cores fizessem referência a bandeira da Itália: branco representado pela mozarela, verde pelo manjericão e vermelho pelo tomate.

. A maior rede de pizzarias do mundo é a norte-americana Pizza Hut. Ela está presente em 100 países e possui 13.000 filiais. Só no Brasil são (por enquanto) 71 pizzarias.


. Por medo da concorrência, a Pizza Hut nunca abriu filial na Itália.

. A cidade onde mais se consome pizza no mundo é Nova York. O segundo lugar pertence a São Paulo. Agora, em se tratando de país, o maior consumidor mundial é o Brasil.

. Os paulistanos devoram, em média, um milhão de pizzas por dia. Isso dá mais ou menos 40.000 pizzas por hora.

. Você sabia que 10 de julho é o Dia da Pizza? Nesse dia, o consumo de pizza na cidade de São Paulo aumenta 20%.

 . Quantas pizzarias existem em São Paulo? Anote aí: cinco mil. No Estado, esse número chega a 12 mil.




Como fazer uma pizza em casa?
Massa:

INGREDIENTES:

    * 1 kg de farinha de trigo
    * 30 g de fermento biológico
    * 2 colher de sopa de açúcar
    * 1 colher de sopa de sal
    * 100 ml de azeite
    * Agua o quanto baste para formar uma massa bem homogênea + ou - 600ml
   *Molho de tomate
   * 400 gramas de Muzzarella
   * Orégano
   * Fatias de tomate
   * Azeitonas.

MODO DE PREPARO:

Primeiramente prepare o fermento:
Em uma vasilha plástica funda, desmanche o fermento em um pouco de água morna com as mãos, acrescente o açúcar um pouco de farinha de trigo.
Acrescente O azeite, o sal e aos poucos a farinha, sovando bastante.
Sove bem até a massa desgrudar das mãos e ficar bem lisinha.
Quando a massa estiver lisinha, divida a massa em bolas de 350 gramas.
Cubra com um pano e deixe descansar 20 min.
Após descansar, estique a massa com um rolo(o ideal é abrir com as mãos sem ajuda de rolo  mas é mais difícil para quem não tem pratica) disponha a massa nas assadeiras.
Adicione o recheio de sua preferencia.
Eu uso colocar o molho de tomate e cobrir com muzzarela, salpicar orégano e alho desidratado, rodelas de tomate, azeitonas e um fio de azeite.
Asse em forno pre aquecido, o mais quente possível.

 Esta é a receita que eu usava em minha pizzaria. (não tenho mais)


Veja algumas de nossas pizzas.

































Postagens mais visitadas