Pular para o conteúdo principal

Destaques

Broa Caxambu (bolacha de fubá)

Acredito que você ja comprou nas padarias aquelas bolachas de fubá muito gostosas para o café da manhã ou da tarde, esta é a receita delas.

Experimente, é muito fácil de fazer.

Ingredientes:

500 gramas farinha de trigo 500 gramas fubá 500 gramas açúcar refinado 1 colher (sopa) rasa de fermento em pó 1 colher (chá) sementes de erva-doce 5 colheres (sopa) manteiga sem sal (100g)3 ovos 1 ovo para pincelar 125 gramas de margarina  
Preparo:

Peneire as farinhas.
Coloque as farinhas em uma bacia, acrescente o açúcar, o fermento e a erva doce, misture bem.
Adicione a manteiga e vá misturando com as pontas dos dedos até incorporar bem.
Em seguida adicione os ovos e misture até obter uma massa homogênea bem firme como mostra a foto (se necessário acrescente um pouquinho de água para chegar no ponto)
Unte a as assadeiras.
Modele as broas em forma de bolas, achate levemente deixando com um formato de um disco, e vá arrumando uma a uma nas assadeiras.
Misture uma gema com uma colher de café forte e …

Mente aberta ou fechada — qual delas possui?


AS PESSOAS realmente têm dificuldade em dar-se bem com outros, não têm?
E, embora a maioria de nós goste de imaginar-se como pessoas de mente aberta, perguntemos a nós mesmos com toda a honestidade: Será que o bitolado ou o preconceituoso é sempre realmente o “outro sujeito”?
Na realidade, sua mente talvez seja mais fechada do que imagina.
 Será que, às vezes, diz:
“Duas coisas sobre as quais nunca discuto são política e religião”?
Ou franze o nariz diante de alimentos que jamais provou? “Escargots (caracóis)? Jamais!”
Ou o que pensa de tratamentos médicos com os quais não está familiarizado? “Acupuntura? É pura tapeação!” Ou “sabe” — como, por exemplo, “todo o mundo” na Alemanha sabe — que os ciganos são ladrões, os alemães do norte são teimosos, todo aquele que vem de Berlim é ‘papudo’, os suábios são pães-duros e os estrangeiros são preguiçosos?
Naturalmente, em toda a parte há ideias assim

Então o que Significa Ter Mente Aberta?

A pessoa de mente aberta está isenta dos laços do preconceito, que certo dicionário define como: “Conceito ou opinião formados antecipadamente, sem maior ponderação ou conhecimento dos fatos; ideia preconcebida . . . julgamento ou opinião formada sem levar em conta o fato que os conteste; prejuízo.”

Faz parte necessariamente da vida fazer decisões e formular juízos. Mas as decisões feitas “sem maior ponderação ou conhecimento dos fatos” e juízos formulados de forma “preconcebida . . . sem levar em conta o fato que os conteste” são evidências duma mente fechada.

Ter mente aberta, por outro lado, significa ser receptivo a novas informações e ideias. Significa dispor-se a examinar e avaliar informações sem atitude preconceituosa. Por reter o que vale a pena e rejeitar o que não vale, podemos chegar a conclusões definitivas numa base sólida, e ainda deixar nossa mente aberta para posterior revisão, caso dados adicionais se tornem disponíveis no futuro. Quem pensa já ter aprendido tudo pode estar certo de que tal atitude o impedirá de aprender mais.

Por Que as Pessoas Fecham a Mente

A mente fechada pode ser indício de falta de conhecimento. Talvez saibamos tão pouco sobre certo assunto, ou tenhamos informações tão deturpadas ou incompletas, que nos faltem os fatos necessários a conclusões acertadas. Por exemplo, se vive na Alemanha e está tão seguro de que todo aquele que procede de Berlim é ‘papudo’, pergunte-se quantas pessoas conhece que vem de Berlim. O bastante para julgar com exatidão milhões de pessoas? Talvez mais cuidadosa reflexão o leve a compreender que conheceu muito mais ‘papudos’ de Hamburgo, de Francfort ou de Munique do que de Berlim.

A mente fechada talvez revele falta de interesse no assunto, ou relutância em examinar a questão. Com efeito, poderia ser até sinal de incerteza ou de dúvida. Para exemplificar, se não pudermos defender nossos conceitos religiosos, talvez verifiquemos que atacamos implacavelmente os que questionam nossas crenças, não com argumentos lógicos, mas com termos depreciativos ou com insinuações. Isto sabe a preconceito e a uma mente fechada.

A mente fechada talvez também seja indício dum desejo egoísta de reter certas vantagens que a mente aberta poderia fazê-lo perder. Em alguns países, há grupos raciais que já são suprimidos por longo tempo, de modo que outros grupos possam gozar de certos privilégios. Nada dispostos a partilhá-los com outros, os grupos privilegiados recolhem-se a uma posição preconceituosa de “nós somos melhores do que vocês”, fechando a mente a toda a evidência contrária.

É uma pessoa de mente aberta ao ponto de considerar a possibilidade de não ser bem assim? Vale a pena verificar isso. Ao passo que a mente aberta pode ser-lhe vantajosa, a mente fechada quase que certamente o prejudicará.

Postagens mais visitadas