Pular para o conteúdo principal

Destaques

Broa Caxambu (bolacha de fubá)

Acredito que você ja comprou nas padarias aquelas bolachas de fubá muito gostosas para o café da manhã ou da tarde, esta é a receita delas.

Experimente, é muito fácil de fazer.

Ingredientes:

500 gramas farinha de trigo 500 gramas fubá 500 gramas açúcar refinado 1 colher (sopa) rasa de fermento em pó 1 colher (chá) sementes de erva-doce 5 colheres (sopa) manteiga sem sal (100g)3 ovos 1 ovo para pincelar 125 gramas de margarina  
Preparo:

Peneire as farinhas.
Coloque as farinhas em uma bacia, acrescente o açúcar, o fermento e a erva doce, misture bem.
Adicione a manteiga e vá misturando com as pontas dos dedos até incorporar bem.
Em seguida adicione os ovos e misture até obter uma massa homogênea bem firme como mostra a foto (se necessário acrescente um pouquinho de água para chegar no ponto)
Unte a as assadeiras.
Modele as broas em forma de bolas, achate levemente deixando com um formato de um disco, e vá arrumando uma a uma nas assadeiras.
Misture uma gema com uma colher de café forte e …

Virado a Paulista.


Você é paulista, então sabe que segunda é dia de Virado a Paulista.
Arroz, tutu de feijão, bisteca, linguiça, couve, torresmo, banana à milanesa e ovo frito.
Sabe como ele surgiu?

História:
Criado no século 18 em São Paulo e servido tradicionalmente às segundas-feiras, o virado à paulista é patrimônio imaterial da cidade.
Virado à paulista: a origem do nome revela que a refeição não devia ter uma apresentação tão bonita como a que tem hoje.
Virado descrevia literalmente o que acontecia com a comida que era levada como merenda pelos bandeirantes e viajantes que atravessavam o estado no século 17.
A combinação de feijão e farinha, acompanhada de carne, banana, ovo e couve ia se misturando com o balanço das cavalgadas.
Os desbravadores consumiam feijão com farinha, refeição típica dos indígenas. Já a carne era de porco, pois os animais era abundantes nas matas brasileiras. O ovo e a couve vinham dos hábitos dos colonizadores portugueses.
O virado à paulista é tradicionalmente servido às segundas-feiras nos restaurantes da capital e vem acrescido de arroz. O prato pode apresentar variações e ser feito com farinha de milho ou de mandioca.

Se não quiser ir amanhã a um restaurante pode fazer o seu, olha ai a receita.

Virado a Paulista

Ingredientes:

Tutu de Feijão:

3 xícaras de feijão cozido e batido no liquidificador
2 dentes de alho picados ou amassados
1 cebola média picada
Sal e pimenta do reino
1/2 xícara de farinha de mandioca crua
2 colheres (sopa) de óleo de soja ou azeite
2 xícaras de água

Bistecas Suínas:
2 bistecas
Suco de 2 limões
Sal e pimenta do reino
Óleo para fritura

Linguiças:
1/2 kg de linguiças fresca ou caipira
Água fervente
Óleo para fritura

Bananas Fritas:
2 bananas nanicas
1 ovo batido com 1 copo de leite
Farinha de trigo para empanar
Farinha de rosca para empanar
Óleo para fritar por imersão

Ovos:
2 ovos
Sal
Óleo para fritura

Torresmo:

1/2 kg de panceta
1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Couve:
1 maço de couve lavado e higienizado
1 fio de óleo
Sal

Modo de preparo:

Tutu de Feijão:
Refogar a cebola e o alho. Quando a cebola estiver transparente, juntar o feijão e deixar ferver por uns 10 minutos para que tome o gosto dos temperos; acrescentar 2 xícaras de água e sal a gosto. Quando estiver encorpado, juntar uma xícara de farinha de mandioca. Mexer sem parar, até que tome o aspecto de um pirão grosso.

Bistecas Suínas:
Temperar as bistecas com o suco dos limões, o sal e a pimenta do reino a gosto. Deixar descansar por 1 hora, depois em uma panela pré-aquecida acrescentar o óleo ou o azeite, as bistecas e fritar com a panela tampada acrescentando água na medida em que for secando. Após uns 30 min. retirar do fogo e servir como acompanhamento do tutu.

Linguiças:
Cozinhar as linguiças em água fervente por 20 min. ou até que estejam completamente cozidas. Cortar em rodela e fritar em uma panela pré-aquecida.

Bananas Fritas:
Cortar as bananas ao meio, passar pelo ovo batido, depois pela farinha de trigo e em seguida pela farinha de rosca. Fritar em óleo bem quente e por imersão (mergulhando o ingrediente no óleo).

Ovos:
Em uma frigideira antiaderente e pré-aquecida acrescentar um fio de óleo, em seguida o ovo. Salpicar o sal.

Torresmo:
Cortar a panceta em tiras para torresmo
Colocar o bicarbonato na água fervente, cozinhar o torresmo na água fervente, por uns 20 minutos ou até que solte bastante espuma
Depois retirar do cozimento, escorrer e fritar em óleo bem quente e com a panela tampada
Retirar da fritura e escorrer em papel toalha

Couve:
Retirar os talos das folhas de couve, enrolar as folhas formando um rocambole. Com uma faca bem afiada e com a ajuda dos dedos para definir a espessura, cortar a couve finamente. Em uma panela pré-aquecida acrescentar o óleo e o sal. Refogar a couve rapidamente e servir.

Deve ser servido com arroz branco.




Postagens mais visitadas